Primeiro vieram os ditos populares. Depois as experiências de consciência corporal e educação somática sutil, como o Body-Mind Centering. E então a ciência se abriu à inescapável realidade de que o coração reage às nossas emoções. Até mesmo muda de forma, como nos explica o cardiologista Sandeep Jauhar, ao compartilhar anos de pesquisa no TED Summit 2019.

ted_jauhar_emotions_heart_2

Assim como a neurociência, diferentes áreas da medicina vêm se abrindo – e encantando-se – com as maravilhas do corpo integrado. Trilhando um caminho positivo para a ciência e a sociedade se desvencilharem do paradigma cartesiano que durante séculos separou corpo, mente, psique, alma, espírito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s