Arte traduz o corpo que traduz o mundo

Os sentidos do corpo e seus modos de mover têm a potência de traduzir e integrar o mundo que habitamos. Materializar essa experiência para quem nunca a viveu é algo difícil. Mas a arte sempre oferece uma mão.

Esta semana apareceu no radar do ConeCsoma o trabalho de Salman Khoshroo que mistura corpo e paisagem, que altera a organização das estruturas físicas, que modifica a #imagem do corpo tornando-o espectros de cor e textura e inquietação. Modos de expressão desse artista iraniano mas que podem ser uma referência para representar qualidade de presença e sensações que nos surpreendem em alguns momentos e que podem ser cultivadas no dia-a-dia por meio da consciência corporal e da relação do corpo com o espaço.

Seja na pintura, seja nas obras com lã feitas por Salman, é possível ter um gosto do que se trata a tal conexão entre o universo corporal e o mundo e que está ao alcance das pessoas comuns por meio das nossas experiências.

Dê uma chance a outros modos de perceber e estar no mundo. Veja mais em http://conecsoma.com.br